terça-feira, 8 de maio de 2007

MANCHESTER UNITED E RONALDO CAMPEÕES


Culminando uma temporada em que foi sempre a melhor equipa da Premier League, o Manchester United sagrou-se enfim campeão inglês. No derby frente ao Manchester City cumpriu a sua parte e venceu por 1 - 0, com o golo solitário a ser apontado por Cristiano Ronaldo (quem mais?!), de grande penalidade, surgida de uma falta cometida sobre si. Foi o 17º golo do jogador português na liga inglesa desta época e o 50º ao serviço dos 'red devils'. Nada mau para um jovem de 22 anos... Após este triunfo, só uma vitória do Chelsea diante do Arsenal impediria a turma de Ferguson de festejar o título. O derby londrino deu empate (1 - 1) e o United pôde abrir o champanhe tranquilamente no sofá, conquistando a Premier League pela 16ª vez no seu historial.

Todos os que contribuíram para este feito (jogadores, técnicos, dirigentes, adeptos) merecem ser congratulados pela sua quota parte de responsabilidade nesta conquista. Mas a maior fatia desse bolo vai inteirinha para Cristiano Ronaldo, esse prodigioso executante lusitano. Quem teve a oportunidade de seguir de perto a época em Inglaterra, com certeza que não deixará de concordar comigo. Aliás, todos os amantes do futebol mundial minimamente atentos e inteligentes, deixando de lado sentimentos patrióticos bacocos ou invejas mesquinhas, deverão admitir a excelência do futebol do madeirense e não deixar de dizer que este título tão importante e cobiçado pertence a Ronaldo mais que a qualquer outro. O que teria sido deste Manchester sem a genialidade absolutamente decisiva do português? Certamente estaria novamente a olhar para o Chelsea no topo da classificação, não tenho muitas dúvidas a esse respeito.

As evidências costumam falar por si e as pessoas minimamente conhecedoras acabam por as notar sem que ninguém lhas lembre. No entanto, no futebol, como em tudo na vida, há sempre os menos atentos, os menos espertos, os mais demagógicos, ou simplesmente os mais invejosos. O blá blá blá nunca há-de parar sempre que surge um diamante tão precioso como Ronaldo. Digo isto porque tenho notado a azia de muita gente por esse mundo fora ao ver um português nos píncaros da fama, retirando protagonismo a diversas outras estrelas, por sinal, momentaneamente ofuscadas pelo brilho do '7' do United.

Exemplo disso foi a necessidade que houve de diversos quadrantes em atacar Ronaldo após a eliminação da Champions aos pés do Milan. Pelo facto de ter sido afastado da final e ter perdido o duelo na eliminatória com o brasileiro Kaká, muitos foram os considerandos acerca da (insuficiente?!) categoria do extremo luso, esquecendo-se a maravilhosa época por si protagonizada no melhor campeonato do planeta. Das muitas barbaridades que li, a de que "Cristiano Ronaldo é uma piada" ficou-me na retina, de tão ridícula e estúpida que foi. A inveja tolhe o pensamento (ou será apenas a linguagem?...), mas o futuro encarrega-se sempre de colocar as coisas no devido lugar.

Na minha perspectiva, Cristiano Ronaldo é actualmente o melhor jogador do mundo (opinião discutível) e tem sido o melhor em 2007 (opinião indiscutível). O talento é tão impressionante, a técnica, velocidade, execução, habilidade, capacidade finalizadora, jogo aéreo e assunção da responsabilidade fazem de Ronaldo um jogador tão completo, que é assustador pensar no que poderá vir a ser no futuro. As críticas invejosas só lhe darão ainda mais força, a mesma que ele usou para calar o país de Sua Majestade após o Mundial, no local onde tal deve ser feito: no campo.

Agora proponho que atentem no seguinte:
-Campeão inglês em 2006-07,
-Vencedor da Taça de Ingleterra em 2003-04,
-Vencedor da Taça da Liga Inglesa em 2005-06,
-Vice-campeão europeu em 2004,
-4º lugar no Mundial'2006,
-Melhor Jogador da Premier League em 2006-07 (escolha dos jogadores),
-Melhor Jovem Jogador da Premier League em 2006-07 (escolha dos jogadores),
-Melhor Jogador da Premier League em 2006-07 (escolha dos jornalistas),
-Melhor Jovem Jogador da Premier League em 2005-06 (escolha dos jogadores),
-2º Melhor Jovem Jogador do Mundial'2006,
-Melhor Jovem Jogador de 2005 para a FIFPro,
-Integrante da equipa do ano da UEFA em 2004.
Tudo isto aos 22 anos! Palavras para quê quando os factos falam por todos nós?

"É assustador. Ronaldo é o tipo de jogador que leva os adeptos a não duvidarem na hora de gastar dinheiro para vê-lo jogar. O que imaginei há três anos está a concretizar-se: ele é hoje o melhor do mundo."
Roy Keane, 26-03-2007

"Ronaldo é jovem, tem 22 anos, mas se continuar assim será um dos melhores jogadores de todos os tempos. Está a realizar uma época incrível. Converteu-se num jogador impossível de defender. A sua técnica é considerável, tem um talento incrível e uma extraordinária capacidade para fintar em grande velocidade. Como o Mark Hughes disse noutro dia, não damos conta de como é tão grande. Ele é mesmo alto e tem uma forte compleição física, tal como Henry. Além disso, desfruta do futebol e joga com grande entusiasmo."
Gary Lineker, 27-03-2007

11 comentários:

lucho disse...

O Cristiano talvez ainda n seja o melhor, Kaka mostrou o seu valor na meia final, mas o rapaz tem condições pra lá chegar, parabéns ao Manchester, mereceu.

bruno pinto disse...

A comparação entre dois jogadores não se pode fazer em apenas dois jogos. Kaká foi melhor na meia-final e brilhou mais na Champions que Ronaldo, mas na liga italiana não faez um décimo do que fez o português na liga inglesa. E o ano ainda nem a meio chegou, muita coisa vai ainda acontecer para se definir o vencedor do prémio FIFA. Para mim, Ronaldo é incomparavelmente superior. Kaká está a realizar uma excelente temporada mas está longe de ser o melhor do mundo. Deco ou Ronaldinho, por exemplo, estão meio apagados esta época mas são absolutamente melhores. É a minha opinião.

HugoJardim disse...

eu gosto muito do puto ronaldo, mas acho q o kaka e' melhor passem pelo meu blog. match-up.blogspot.com

Pedro disse...

Cristiano está soberbo e é na minha opinião o melhor jogador na actualidade. Se me permites fazer um reparo, a Taça da Liga inglesa ganha pelo manchester com Ronaldo se não estou em erro foi na época passada e não em 2004. Confirma isso, Bruno. Ve se escreves mais textos, gosto de te ler, e este trabalho está muito bom. Força

bruno pinto disse...

Pedro tens toda a razão, já emendei o texto. De facto, o United venceu a competição na época passada, ao bater o Wigan por 4 - 0, num jogo em que Ronaldo até apontou um golo. Em 2003-04 foi o Boro que arrecadou o troféu. Obrigado pelo reparo, Pedro. Um abraço.

tripeiro disse...

Vamos vencer em Paços de Ferreira, os lagartos não vão ganhar em Coimbra e no Domingo entre as 23h e as 23h30 os novos Bi-Campeões Nacionais estão a chegar à Alameda do Dragão!!!

Um Abraço,
Tripeiro
http://magicoporto.blogs.sapo.pt

PSousa*Bancada Directa* disse...

Bom post amigo, bem estruturado.

Parabéns..visite Bancada Directa em
http://bancadadirecta.blogspot.com/

Paulo Pereira disse...

Belo texto, numa análise criteriosa e minuciosa. Concordo com a análise efectuada e com a opinião generalizada: Kaká foi melhor apenas nas meias da Champions, mas devido ao mediatismo da prova isso tb conta. Tive pena pelo Mourinho. Continuo a adorá-lo e espero k vença a Taça Inglesa.

Carlos Moreira disse...

C.Ronaldo é sem dúvida alguma o melhor jogador da actualidade, impressionante progressão, nº de golos(fora de serie para um extremo) e assistencias, ja leva um palmarés invejavel.
Kaka viveu a champions sobre o Man Utd, á custa principalmente de Gattuso e cia que tudo fizeram pra travar o prodigio portugues, Kaka não teve assim tão bem nas épocas posteriores, nem nesta ésta a um nivel impressionante, colocaria 1º o imcansavel trabalhador Didier Drogba ou Steven Gerrard, que mais uma vez fizeram uma excelente época.
Man Utd sem C.Ronaldo nem sonharia ser campeão, e o escoces Sir A.Ferguson não voltaria a arrecadar o troféu de campeão da preimiership, pois este seria de J.Mourinho, que só não conquistou o titulo por inumeras lesões na corrente época, relembro P.Cech, C.Cudicini, J.Terry, J.Cole, A.Robben, M.Ballack, etc
Parabens pelo belo texto, muito bem elaborado e não poderia concordar mais.

bruno pinto disse...

Carlos, concordo contigo. O Chelsea sem ter tido tantos problemas de lesões, teria tido certamente uma performance superior. Não sei se seria campeão mas, pelo menos, estaria ainda na luta. Quanto ao jogo de Milão, plenamente de acordo, a chave daquele jogo e dos 3 - 0 tem um nome: Gattuso! De resto, na questão de Kaká, acho que não é só Ronaldo a estar à frente dele em termos de rendimento em 2007. O Drogba, que referiste, também está uns furos acima no corrente ano.

Gomes disse...

Obrigado pela visita Bruno. Já linkei o teu blog pois pelos textos que tens por cá, vê-se que tens um a boa escrita e que dá gosto ler.

Quanto à questão do título inglês acho que está muito bem entregue. Mas ainda nos lembrámos do que os adeptos do Manchester queriam fazer e fizeram ao Cristiano ROnaldo. Devem estar bem arrependidos pois se não fosse pela magia que ele dá ao jogo o Manchester não tinha chegado ao título.

BIba o Porto...